Horário das Missas
Horário das Confissões
Exposição do Santíssimo Sacramento
Boletim
Informação para todos
Voz do Papa
Mensagem para a Quaresma de 2017
Voz do Bispo
Mensagem Quaresmal
 
Paróquia de Nossa Senhora da Assunção e Ressurreição de Cristo
Rua dos Navegantes, nº49
2750-445 - Cascais

Tel: 21 484 74 80
Fax: 21 484 74 82
Este endereço de email está protegido de spam bots, você precisa de ter o Javascript activado para poder visualizar
 
Este endereço de email está protegido de spam bots, você precisa de ter o Javascript activado para poder visualizar
 

Este endereço de email está protegido de spam bots, você precisa de ter o Javascript activado para poder visualizar

Novidades do site
Leia a mensagem do Papa Francisco para a Quaresma deste ano.
 
 
Imprimir

Explicação do brasão do Papa Francisco

 

O Brasão

Nos seus traços essenciais, o Papa Francisco decidiu manter o seu brasão anterior, escolhido na sua consagração episcopal.
O escudo azul é encimado pelos símbolos da dignidade papal, os mesmos que foram usados pelo seu antecessor, Bento XVI (mitra colocada entre chaves cruzadas de ouro e prata, ligadas por um cordão vermelho). No topo, está o emblema da ordem de origem do Papa, a Companhia de Jesus, um sol radiante carregado das letras em vermelho IHS monograma de Cristo. A letra H é encimada por uma cruz, na ponta, os três pregos em preto.
Em baixo, estão a estrela e a flor de nardo. A estrela, de acordo com a antiga tradição heráldica, simboliza a Virgem Maria, Mãe de Cristo e da Igreja, enquanto a flor de nardo representa São José, patrono da Igreja universal. De facto, na tradição iconográfica hispânica, São José é representado com um ramo de nardo puro. Ao colocar essas imagens no seu escudo, o Papa quis expressar sua devoção especial à Santíssima Virgem e a São José.

 

O Lema

miserando atque eligendo
O lema do Santo Padre Francisco é tirada das Homilias de São Beda, o Venerável (Om. 21, CCL 122, 149-151), que, ao comentar a história do Evangelho da vocação de São Mateus escreve: "Vidit ergo lesus publicanum et quia miserando atque eligendo vidit, ait illi Sequere me"(Jesus viu um cobrador de impostos e como o olhou com misericórdia, escolheu-o e disse-lhe: segue-Me)
Esta homilia é uma homenagem à misericórdia de Deus e é reproduzida na Liturgia das Horas da festa de São Mateus. Ela tem um significado especial na vida e no itinerário espiritual do Papa. De facto, na festa de São Mateus no ano de 1953, o jovem Jorge Mario Bergoglio com a idade de 17 anos, sentiu de uma forma muito especial, a presença do amor de Deus na sua vida. Após a confissão, sentiu o seu coração ser tocado e a descida da misericórdia de Deus sobre si, que ele acolheu, seguindo o exemplo de Santo Inácio de Loyola.
Uma vez eleito bispo, Sua Excelência o Senhor Bispo Bergoglio, em memória do acontecimento que marcou o início de sua consagração total a Deus na Sua Igreja, decidiu escolher como lema e modo de vida, a expressão de São Beda "miserando atque eligendo", que reproduziu agora nas suas armas papais.
 

 

Cantinho de Maria
 
 

Avisos

19 de Outubro
Noite de Oração das Equipas de Jovens de Nossa Senhora, com exposição do SS. Igreja Paroquial, às 21.30h.
 
3 de Novembro
Devoção das primeiras Sextas-feiras ao Sagrado Coração de Jesus. Exposição do Santíssimo a partir das 18.00h com benção solene antes da missa das 19.15h.
 
16 de Novembro
Noite de Oração das Equipas de Jovens de Nossa Senhora, com exposição do SS. Igreja Paroquial, às 21.30h.
 
1 de Dezembro
Devoção das primeiras Sextas-feiras ao Sagrado Coração de Jesus. Exposição do Santíssimo a partir das 18.00h com benção solene antes da missa das 19.15h.
 

Mais Avisos...


 
actualizado a 09/10/2017
 
actualizado a 23/02/2017