Horário das Missas
Horário das Confissões
Exposição do Santíssimo Sacramento
Boletim
Informação para todos
Voz do Papa
Mensagem para a Quaresma 2018
Voz do Bispo
Mensagem para a Quaresma 2018
 
Paróquia de Nossa Senhora da Assunção e Ressurreição de Cristo
Rua dos Navegantes, nº49
2750-445 - Cascais

Tel: 21 484 74 80
Fax: 21 484 74 82
Este endereço de email está protegido de spam bots, você precisa de ter o Javascript activado para poder visualizar
 
Este endereço de email está protegido de spam bots, você precisa de ter o Javascript activado para poder visualizar
 

Este endereço de email está protegido de spam bots, você precisa de ter o Javascript activado para poder visualizar

Novidades do site
Leia a mensagem do Papa Francisco para a Quaresma 2018.
 
Leia a Mensagem do nosso Patriarca para a Quaresma de 2018
 
 
Imprimir

Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes

 

História


Antiga igreja dos Homens do Mar, tem a sua origem numa primitiva ermida existente no local já no século XVI, consagrada a Nossa Senhora do Socorro.
Em 1587 o Hospital dos pescadores é anexado à Santa Casa da Misericórdia, ficando os mareantes apenas com a sua confraria de Nossa Senhora do Socorro. Em meados do século XVII a Capela constitui sede de freguesia por motivo de uma campanha de obras na igreja paroquial da Assunção.

Em 1720 (c.) a Irmandade dos Marítimos de Cascais manda edificar a igreja muito provavelmente no local onde já existia a ermida do século XVI, sob a invocação de Nossa Senhora dos Prazeres e S. Pedro Gonçalves, com traça possivelmente do Pe João Tinoco,
Resistente ao terramoto, a chamada “Igrejinha dos homens marítimos” mantinha em 1873 a invocação de São Pedro Gonçalves.
A 9 de Agosto de 1942 são finalmente inauguradas as torres da igreja, custeadas por esmolas em dinheiro e materiais, voltando a efectuar-se a grande procissão, tradição secular interrompida possivelmente em 1834.


Descrição


A igreja dos Navegantes constitui a mais original de todas as igrejas da vila do ponto de vista arquitectónico. Constitui uma das raras igrejas portuguesas setecentistas em que a nave reveste forma octogonal não acusada na volumetria exterior.
Exteriormente é um edifício barroco sóbrio, de frontão com remate contracurvado e pequenas aletas articulando a fachada principal com as laterais. O desenho das torres é do arquitecto Tertuliano Marques.

No interior salientam-se os mármores brancos e rosados, provenientes de S. Domingos de Rana.
A nave, de forma octogonal, apresenta três altares laterais, dois deles provenientes do convento de carmelitas: de Nossa Senhora da Piedade do lado esquerdo; de Nossa Senhora de Fátima e Santa Teresa de Ávila do lado direito.
Nas paredes duas pinturas de cada lado representando à direita a Adoração dos Magos e São Paulo e São João Evangelista; à esquerda Nascimento de Jesus e São Pedro e Santo André.

Na capela-mor as paredes laterais apresentam dois paneis de azulejos de (c.) 1720, correspondentes a Nossa Senhora dos Prazeres do lado esquerdo, e de São Pedro Gonçalves do lado direito, lembrando as antigas invocações.

 

 


 

 

Cantinho de Maria
 
 

Avisos

Mais Avisos...


 
actualizado a 07/01/2017
 
actualizado a 09/02/2018